Blog


Olha só!, é um blog olho no olho, quero dizer, palavra no ouvido, grito no espaço, segredo e colapso público. É pra conversar um pouco pois é conversando que a gente se entende. Um pouco. Em tempo: todas as fotografias são do mesmo autor dos textos.
30 de agosto de 2009

ME SENTO EM MEU SÍTIO

não demarco territórios. oro a cada arco de passagem que ora surgem em meu caminho. levem a pontes ou cidadelas, transpasso a soleira e sigo sem […]
30 de agosto de 2009

INCENSO

dona louca que me dá seus pavilhões de orelhas e que me secreta e espelha em estojos de pó de arroz, como se fosse minha, minha […]
30 de agosto de 2009

A DESCOBERTA DO SEMPRE

cansei de manhas, façanhas, mantras, mientras, mentiras, acuidades, meias verdades, calças completas, sanhas, cocacolas, fantas, meças tamanhas, sarros que não arranham a minha lusitânea e africânea […]
28 de agosto de 2009

PODE ME CHAMAR DE VOCÊ!

quando falo de você, quando escrevo pra você, eu sôo e firmo um ele, uma ela, quando perpetro a palavra você. penetro numa atmosfera imprecisa onde […]
28 de agosto de 2009

SÃO AMOR

São Amor entre nós não haverá solidão pois que dizemos sim a alguns longos silêncios, concordamos com dilúvios e incêndios, elementares, sabemos: nos amamos há milênios […]
24 de agosto de 2009

EXTRA

não, não basta meu nome. quero te marcar de outros e muitos e vários e tantos jeitos, modos e formas que você nem pode, com ou […]
24 de agosto de 2009

OVERDOSE

amor demais é um ciclone devastando tudo o que havia, o que haveria um tornado extinguindo o mundo que amei, que amaria e eu mudo amando […]
24 de agosto de 2009

VIRAMUNDO

”quando a gente tenta de toda maneira dele se guardar sentimento ilhado, morto amordaçado, volta a incomodar” (Clodô/Clésio) Geralmente meu amor opera silencioso. O que não […]
21 de agosto de 2009

UM PRÉSTIMO

O amor tem muitos tentáculos. E tentações. E gestos, que constroem bens e arquitetam males. O amor tem vários testículos. E úteros. E glúteos fartos e […]
21 de agosto de 2009

PARCERIA

“quando bater no coração, sem confusão, atende! vamos poder dizer que de amor a gente entende. vamos cair em cima dessa hora agora, já: como o […]
19 de agosto de 2009

SOBRE PONTES

haja contêineres de passado e toneladas de linhas do horizonte de futuros. mas o momento presente é ponte. e uma ponte é nenhum lugar ou tempo. […]
18 de agosto de 2009

ESPELHO, ESPELHO TEU!

Humildemente peço emprestado teu espelho. Tomos e tomos que lesse não encontraria, bem sei, o que estou prestes a ver nesse vidro de aço, onde a […]
17 de agosto de 2009

EU TE AMO

abro os olhos, vejo teu olho. fecho os olhos, sonho teus olhos no sono. : e isso continua, como se abre e fecha o leque: eternamente […]
15 de agosto de 2009

VOCÊ É QUEM?

Quem é você a quem escrevo, de quem falo, a quem recorro num impossível espelho pois que nunca é que tenho este você em frente? Quem […]
12 de agosto de 2009

AMOR É MORA (que viva o quanto quiser, morra quando for a hora)

O amor me deve quilômetros de combustíveis para ir além. E eu lhe devo milhares de memórias que falsamente confesso que não tenho, trilhares de lençóis […]
 
 



        
Digital-Design- logo
Scroll Up