Blog


Olha só!, é um blog olho no olho, quero dizer, palavra no ouvido, grito no espaço, segredo e colapso público. É pra conversar um pouco pois é conversando que a gente se entende. Um pouco. Em tempo: todas as fotografias são do mesmo autor dos textos.
5 de maio de 2009

FOI MAIS

ainda bem que sobrou e não faltou ainda mais se foi mais e não menosprezou   ainda bem que foi bem não maldição ainda mais se […]
5 de maio de 2009

MOSAICO

Olho no olho, hoje, só posso te dizer: Se faz espelho, me olha, me diz pra gritar socorro!
27 de abril de 2009

UM TEXTO

Já que não tenho publicado quase nada nos últimos tempos, vai aqui um texto do senhor Caetano Emanuel Vianna Teles Veloso: * “Acho que hoje em […]
27 de abril de 2009

TE VELO: SOU UM VELEIRO

Como não tenho te olhado, nem você a mim como não tenho me molhado nem de saliva de beijo nem de batom de carmim como me […]
25 de março de 2009

O ACASO E A NECESSIDADE

O poeta Ferreira Gullar disse e eu repito pra você, olho no olho: “No fundo, a vida não passa de uma constante tensão entre acaso e […]
20 de março de 2009

ESSA COISA QUE CHAMAMOS DE AMOR

Você me olha: insiste em que eu fale de amor. Te olho: prefiro dizer do amor. Você quer que eu diga do nosso, Eu insisto em […]
14 de março de 2009

DEDICAÇÃO

Sabe, uma coisa que eu queria dar um jeito de não poder parar de te falar é que eu te amo e que eu te amo […]
12 de março de 2009

DIA OITO DE MARÇO

Você disse que eu deixei passar em branco o Dia Internacional da Mulher. Veja bem: não deixei passar nada: nem em branca, negra, amarela, vermelha, ou […]
6 de março de 2009

CRISTAL E DIAMANTE

Às vezes uma imagem esconde vícios, de luz e sombras, de poses e posturas e artifícios outros e tantos que nem devo enumerar. Conheço todos. Comecei […]
5 de março de 2009

VAI VER QUE É ISSO

Nunca sei o que está começando ou acabando. O fluxo é um bruxo que não me deixa, não me deixa parar. Para entender. Nunca sei o […]
1 de março de 2009

28.02.2009

Ainda bem que acabou. Já não agüentava mais o dia vinte e oito. De fevereiro. Às vezes é difícil tolerar um dia inteiro. E ainda mais […]
28 de fevereiro de 2009

DE MONSTROS, AMOR E OUTRAS COISAS TRIVIAIS

Olha, como eu tenho te falado: nada é monstro, nada é fada. Dá pra entender? Nada é mestre, nada é fado. Ainda não dá pra entender? […]
28 de fevereiro de 2009

CÓS E BAINHA

Mal e porcamente. Foi a expressão que me disseram. Olha, cá pra nós, aceito bem o mal mas porcamente é demais pra mim. O que é […]
23 de fevereiro de 2009

OLHA!

Olha, como já disse alguém: “sei que ninguém pode tirar ninguém dos labirintos (os labirintos eleitos, aqueles em que cada um se reconhece).” Mas sei também […]
 
 



        
Digital-Design- logo
Scroll Up