Poesia


Meu poema mais antigo publicado (1976) foi escrito em 1969 e chama-se “Constipação”.
Com a estréia deste site comemoro meus 40 anos de poesia. Um amigo escreveu há tempos, sobre sua obra,
que havia “desacostumado de publicar livros mas não de escrever poemas”, o que soa perfeito também no meu caso.
Então, de agora em diante – não descartando futuras edições em papel, inéditas ou resgatando antigos projetos –
estarei publicando online novos poemas, outros revisados, letras de música ainda sem músicas e outros
textos avulsos.
8 de maio de 2019

Foto Poesia – Preto&Branco . Alvo&Negro

7 de abril de 2019

Foto Poesia VII

6 de março de 2019

Foto Poesia VI

5 de fevereiro de 2019

Foto Poesia V

4 de janeiro de 2019

Foto Poesia IV

2 de janeiro de 2019

Foto Poesia III

2 de janeiro de 2019

Foto Poesia II

1 de janeiro de 2019

Foto Poesia

8 de dezembro de 2018

Azulejaria

8 de dezembro de 2018

Breve Romance em Poucos Poemas

8 de dezembro de 2018

Amor Correspondido

8 de setembro de 2014

Mudar – Poema

10 de agosto de 2014

Livro de Avarias e Desvarios

30 de julho de 2013

Mudar

20 de junho de 2013

A Morte do Infinito

20 de outubro de 2012

O Futuro do Tudo

20 de setembro de 2011

A Véspera do Nada

22 de fevereiro de 2010

Gaveta de Letras

21 de fevereiro de 2010

Eu Te Empresto Um Verso Meu

20 de fevereiro de 2010

Cesto de Textos

20 de fevereiro de 2009

Uma Esquina na Cidade da Bahia

20 de fevereiro de 2008

Foto Poemas

20 de fevereiro de 2004

Cores em Movimento

20 de fevereiro de 2003

Por Todos os Poros

20 de outubro de 1987

Pôr Obra e Graça

27 de fevereiro de 1984

Caderno de Itapuã

20 de fevereiro de 1982

Rabo de Lagartixa

     
21 de novembro de 1981

Dança dos Véus

20 de fevereiro de 1980

Tome Nota

20 de fevereiro de 1979

Coração da Pedra

20 de fevereiro de 1976

Faca de Ponta

20 de fevereiro de 1975

O Menino e o Búzio

20 de fevereiro de 1974

Gullar Singular

 
 



        
Digital-Design- logo
Scroll Up